domingo, 29 de maio de 2011

Entrou sem bater...

"Hum que delicia!"
  
Passando em frente a janela da casa da Majoli, senti cheirinho de comida.
Entrei sem ser convidada e deparei com uma linda mesa posta para receber a visita de crianças.
No centro da mesa, tinha um vaso enorme com lindos girassóis, prato de doces variados, jarra de suco.
No canto da sala, um lindo e grande urso peludo de pelúcia...
Engraçado, ele estava com os braços levantados e abertos, parecia estar pedindo um abraço...
Fui perto, bem de mansinho, após olhar para os lados e não ver ninguém por perto...
Apertei-o sem dó num forte abraço coladinho com teu coração...
Acreditem: foi tão real, que ate senti o coraçãozinho dele batendo ...tum tum...tum tum...tum tum!
De repente, escutei um barulho, era a dona da casa chegando, fiquei envergonhada e não sabia o que fazer...
Eis que, descendo a escada, vinha a Catia e quando percebeu o que estava acontecendo, foi logo explicando:
-Tia essa e a Simone uma de nossas amigas blogueiras.
A mãe da Majoli não entendeu nada, mas me convidou para comermos doces e tomar suco geladinho.
Chamou a Majoli que estava no computador escrevendo.
Tomamos um lanche bem gostoso e divertido. A casa da Majoli era grande e bonita!
Pronto! Agora sim, começou a diversão, afinal as três meninas estavam morrendo de fome e nada naquela mesa sobrou!
Apenas o vaso com os girassois restou e, no canto da sala:
O grande urso peludo de pelúcia, todo babado de doces...

Simone Martins - 29/05/2011


Foto:GOOGLE-http://3.bp.blogspot.com/-7M3Jrolum_w/TeK849ab-NI/AAAAAAAAAaU/bGF3jibPPy8/s1600/SALA_DE_BRINQUEDO.jpg

quinta-feira, 26 de maio de 2011

As tres meninas...


Vim aqui te visitar...
Encontrei-me com a Catia,
Começamos a brincar.
De correr e de pular,
De cantar e dançar!
Mais tarde já cansadas,
Juntas fomos te visitar,
Encontramos tua foca,
Batendo palmas para te homenagear...
Que linda foca! - pensamos.
E com alegria te chamamos,
Agora as três amigas unidas,
Estavam prontas para novas brincadeiras.
Corre cotia na casa da tia,
Pega pega e mãe da rua.
Pulamos um pouco de corda,
Depois paramos para descansar.
Tomamos um suco refrescante,
Depois voltamos a brincar!

Catia/Majoli/Simone
26/05/2011

Joao e Maria: versos e prosa



João e Maria foram passear,
Alem da floresta com seu papai.
Após terem andado muito,
Sentaram-se para descansar.

A Maria estava assustada,
O João muito empolgado.
Afinal, que aventura legal,
Os dois estavam vivendo!

O papai falou num tom áspero:
-Sentem aqui e fiquem quietos!
Vou ate em casa e volto já...

Maria começou a choramingar,
João entusiasmado,não percebeu,
Que o Pai estava indo embora,
E abandonando os dois ali!

O dia já estava se pondo,
A noite,estava se achegando.
A penumbra tomou conta de tudo,
E Maria, continuava chorando!

Dormiram abraçadinhos sob a árvore,
Enquanto a Lua iluminava a noite.
Para que, a pobre Maria não pudesse,
Se assustar e chorar, nesse pernoite.

Logo cedo, saíram a procurar,
O caminho de volta para casa.
Mas para surpresa de João e Maria,
Encontraram uma casa fantástica!

Toda feita de doces e bolos,
Tinha um cheiro muito bom.
Comeram alguns pedaços da parede,
Quando uma voz grave ecoou...

Inha, inha, inha, inha...
Quem esta comendo minha casinha?
Somos nos, duas crianças com fome,
Entrem e, eu os alimentarei melhor!

A velha bruxa grisalha com verruga,
Queria fazer sopa com o João.
 Maria  chorava, mas era muito corajosa,
Empurrou a velha para dentro do Caldeirão!

Os dois saíram correndo pela floresta,
Acabaram encontrando sua modesta casa.
E a velha bruxa, grisalha com verruga,
Morreu queimada em sua própria fervura!

Simone Martins - 26/05/2011

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Vagam...luzes...vagalumes


É noite e eu vejo luzes no céu...
Alto no céu, vejo luzes que iluminam.
Não são estrelas, mas são luzes que se movimentam.
Para baixo.Para cima.São luzes que iluminam
Continuo vendo pontos de luzes no céu
Repito que não são estrelas,
Não são fogos e nem balões.
São luzes que sempre piscam,
Iluminando a escuridão.
De um lado, para o outro, sempre vão.
Tento toca-las, mas não consigo.
Elas se movem o tempo todo.
Do nada, algumas caem no chão.
Eu arrebato e tomo-lhes em minhas mãos.
Ainda são pequenas luzes que piscam,
O tempo todo agora em minhas mãos.
Ao tentar prende-las, se apagam...
Resolvo então solta-las, liberta-las,
E juntas voam para o alto.
Unidas para iluminar a escuridão!
Estão sempre vivas voando na imensidão.
Mas morrem quando presas em nossas mãos.
São elas pequenos seres iluminados,
Que irão iluminar a escuridão eternamente.
São elas seres pertencentes a Natureza,
Que perdem a vida quando presas aos nossos interesses.
Vagalumes machos e fêmeas não importa,
Estarão sempre voando e iluminando,
Qualquer natureza que estiver a sua volta!
Estarão sempre iluminando...a escuridão,
E trazendo de volta...o brilho para o seu coração!

Autora: Simone Martins - 16/02/2011

Atraves das palavras vou brincar e fantasiar


Sou criança. Sou feliz.Sou de fato...uma aprendiz!
Através das brincadeiras e fantasias
Me divirto todos os dias. Sigo minha vida
Sinto-me linda, num vestido branco e turquesa
Me transformo numa linda princesa
Através dos meus desejos mudo a fantasia
Montado num belo garanhão todo branco
Meu príncipe chega no horário marcado
Com seus braços musculosos e fortes
O príncipe me levanta! Me coloca na garupa
De repente, paro e peço desculpas
 Já não sou da realeza. Sou a vilã!
 Malvada e cruel, agora sou a Bruxa
Faço feitiços e poções magicas
Saio voando numa vassoura velha
Tenho o rosto marcado pelas rugas
Solitária, sigo minha historia como a malvada!
Mudam o meu cenário. Muito frio e assustador
Voando por sobre a floresta verdejante
Sinto o vento em meu rosto e fico radiante!
Mudei meu personagem, sou doce e meiga
Me tornei uma fada cintilante e famosa
"Fada sininho" se apresentando ao leitor
 Sou frágil e me escondo atrás desse herói
Ele me protege e enfrenta tudo por mim
Com certeza, não é esse o meu facilitador
Mas é no momento, o que sobrou pra mim
Vivo e sobrevivo como num conto de Fadas
Como que num passe de magica...
 Me transformo novamente e fico contente
Sou um soldado, extra terrestre com nave espacial
Mudo de personagem rapidamente
Crio, invento e imagino. Sou toda, inspiração!
Crescerei...Serei adulta. Papai e mamãe não me incomodam
Continuarei me transformando e atravessando outras portas
Do desenvolvimento, do crescimento e do aprendizado
Um dia, serei adulto com certeza. Faz parte da vida
Mais para que pensar no futuro tão distante?
Adoro ser uma pessoa inconstante!
Adoro ser criança, correr, sorrir e brincar
Adoro me divertir sem ninguém para me punir
Deixo para o adulto a responsabilidade
Ainda não quero no futuro pensar...
 Simone Martins - 25/01/2011


PS:Por favor, leia de cima para baixo e depois, de baixo para cima e Divirta-se!

Foto:GOOGLEhttp://3.bp.blogspot.com/_r9UzbBR8N_s/TKOL_7GHz_I/AAAAAAAAAKA/SG_NRUW37LQ/s320/crian%C3%A7as2.jpg

Memorias escondidas

 
 Crianças alegres
Ciranda vazia
Rotina entristece
São coisas da vida
Na ânsia e na sede
Na vontade de brincar
Queria balançar na rede
E na chuva se molhar
A areia me suja
A agua me limpa
Fazendo garatujas
Feliz e brincalhão
Meus momentos com você
Boneca, corda e pião
Sempre girando o bambolê
Sou vilão. Sou mocinho
Sou papai e mamãe
Sou um herói maluquinho
Que deitou em seu divã
Na memoria a infância
Na cabeça um pensamento
Queria voltar a ser criança
E poder reviver bons momentos
Agora já no fim da vida
Só me restam as lembranças
Sem jamais esquecer que um dia
 Foi Real a minha Fantasia!

 Simone Martins - Março/2008
 
Foto:GOOGLEhttp://bp1.blogger.com/_7Li05TAf5SE/SA6SvhKD76I/AAAAAAAAALc/VwKwZ1KLdQk/s320/ciranda+arthur.jpg

sexta-feira, 20 de maio de 2011

O pequeno Beija Flor


Beija flor ou Colibri,
Não importa qual o nome.
São pequenos, muito rápidos
São pássaros de pequeno porte!

Beijam a flor, sugam teu polem,
Muito Ágeis e irrequietos,
Parecem sempre hiper ativos.
Dançando por sobre as flores,

Numa coreografia divertida.
Voam para cá...voam para la,
Não ficando em nenhum lugar

A linda mamãe beija flor,
Sai a procura de alimento,
Um pouco de néctar das flores.
Para seus pequenos rebentos.
Crescerem saudáveis e fortes!

Para isso metem o bico comprido,
Bem no meio, no miolo das flores.
Sem fazer muito barulho,
Sem fazer muitos rumores!

Cortam o ar com suas asas aladas,
Suas penas coloridas e brilhantes,
Sempre encontro um no meu jardim,
Nos meus pequenos bebedouros.

Vasos suspensos com agua e açúcar,
Atraindo os beija flores mais bonitos.
Quero te-los sempre por perto,
Garantindo-lhe, o teu sustento!

Voam por sobre minha cabeça,
E as vezes, penso que cansados,
Pairam no ar para descansar.

Adoram se exibir para as flores,
Mostrando sua agilidade e beleza.
Delicado, suave e encantador,
Consegue encantar qualquer flor!

Simone Martins - 20/05/2011

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Há perigos la fora!



O gato e o cachorro,
Foram passear na rua.
Encontraram um passaro,
Que se chama: Coruja.

A coruja dava pios,
O cachorro só latia.
E o gato muito esperto,
Miava...miava, aplaudia!

Os três foram andando,
E logo, encontraram.
Num pular desengonçado,
La vinha o sr.Sapo

Pula que pula, sem parar.
Com os olhos arregalados,
Uma mosca viu passar,
Abriu a boca, ta no papo!

Os três amigos assustados,
Resolveram seguir seu caminho.
E andando bem de mansinho,
Encontraram o papagaio.

Mas porque estava andando?
Se tinha asas para voar?
Papagaio responde assustado:
Queriam tuas asas cortar!

Mas quem faria tal crueldade.
O papagaio não tem maldade.
Era sua dona que queria,
Mante-lo preso, engaiolado!

Os dois amigos desiludidos,
Voltaram então para casa.
Tinham uma otima dona,
Que muito os amava!

A rua e muito perigosa,
Temos muito o que aprender.
Vamos nos divertir por aqui,
Muito temos que agradecer!

Temos um lar grandioso,
E uma dona amorosa.
Para que sair daqui,
Se aqui, sempre vivi!

Simone Martins - 12/05/2011


Foto: GOOGLE - http://3.bp.blogspot.com/-lbIsP3NhwRI/Tcvh-CUUO6I/AAAAAAAAAXY/mKk1DM0_vrA/s1600/imagesCAK8ZUFF.jpg

Andando com a Tartaruga

A tartaruga anda...
Anda bem devagar.
Se fosse para divagar,
Diria que ela se arrasta.

A tartaruga anda...
Anda bem devagar.
Seu casco esta pesado,
E melhor então, parar.

A tartaruga esta andando,
Andando sem parar.
A cabeça sai e entra,


A tartaruga não anda mais,
Pois em casa já chegou.
Mas ela carrega sua casa,
Por isso, já parou!


Com sua casa nas costas,
A tartaruga se cansou.
Mas agora já parada,
A tartaruga descansou!

Simone Martins - 13/05/2011

Foto: GOOGLE-http://4.bp.blogspot.com/-clx6Oxn23Vg/Tc3kDRhoXcI/AAAAAAAAAXk/pGdqikAsUDI/s320/tartaruga.jpg

terça-feira, 10 de maio de 2011

Alguns sons da vida


"Sons agradaveis sempre são bem vindos!"
 
Nunca acordo sozinha
Nunca acordo em silencio
Os sons me acompanham
Estão comigo o dia inteiro

A  começar pela chaleira
Apitando sem parar
Seu barulho me enlouquece
É sempre um Cha cha cha...Cha cha cha!

Em seguida, a panela de pressão
Sempre querendo atuar
Cozinhando o feijão
Seu barulho é de amargar...
SSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS!

Abro e fecho a geladeira
Convenhamos, ja esta velha
Sua porta range muito
Mais ainda gosto dela
Nhééééééééééééééé....nhéééé´!

O que me encanta de fato
São os sons dos passarinhos
Melodias assoviando
Alegrando o meu dia a dia!

São suaves e curtos
Periquitos e coleirinhas
Mas tem um muito astuto
Que é o querido...BEM TE VI!

Mas ao fundo estou ouvindo
Sons vindo de um rádio
Tocando lindas melodias
Zeze di Camargo e Luciano

De repente, me assusto
Com o barulho do relógio
Seu som esta me avisando
Tic Tac... Tic Tac... Tic Tac
Para o trabalho estou me atrasando!

Outra hora voltarei
Para falar de outros sons
Ficarei um pouco em silencio
Pois quem me conhece diz:
-Poxa! Voce fala muito!
Blá blá blá...Blá blá blá...

Simone Martins - 06/04/2011
 
Foto: GOOGLE - http://2.bp.blogspot.com/-4BPPZN2b8Dc/Tcn02n36VYI/AAAAAAAAAW4/VKac9ovPsr0/s1600/melodiainfinita.jpg

"FLORISBELA"


"Toda flor que nasce feia, ao desabroxar se torna bela!"

A flor era feia demais
Seu caule muito magro
Suas petalas eram largas
Seu tamanho, pequena...

Suas cores...opacas
Seu perfume forte
Nao agradava
Mas era singela

Era envergada
Era torta
Era grossa
Era FEIA!

Mas a flor feia
De noite era Bela
Exalava bom perfume
Chamava atenção

Ficava toda ereta
Suas cores brilhavam
Com o brilho da Lua
Ela agora, era BELA

Os poetas, trovadores
Chamaram-na Flor Bela
Os cancioneiros e cantores
Apelidaram de Florisbela

Nossa Flor Feia
Desabroxou e embelezou
Agora todos admiram
Na linda flor que se tornou!

Quer conhecer a Flor Bela?
Quer ser amiga dela?
Mostre então quem tu és...
Se flor feia ou flor bela
Com certeza serás dela
Amiga e fiel companheira!

Simone Martins - 05/04/2011

Mãeeee...gelatina sente frio?


"Gelatina é uma delicia sozinha e bem durinha"

A GELATINA ESTAVA QUENTINHA
COLOQUEI-A NA GELADEIRA
E A GELATINA FOI ESFRIANDO
ESTAVA TREMENDO DE FRIO

ERA TANTO FRIO
QUE ELA TREMIA
Brrrrrrrrrrrrrrrrr...
COITADINHA DA GELATINA
SERÁ QUE ELA QUER UM AGASALHO?

MAS DE TANTO PASSAR FRIO
ELA ENDURECEU, FICOU DURINHA!
O JUNINHO QUE AMAVA GELATINA
ABRIU A GELADEIRA DEVAGAR

FICOU ALI PARADO OLHANDO
E LA DENTRO ELE VIU...
A GELATINA BEM GELADINHA
PRONTA PARA SER COMIDA
E NA BARRIGA DO JUNINHO
BEM DEPRESSA ELA SUMIU!

Simone Martins - 07/04/2011

*Foto GOOGLE- http://1.bp.blogspot.com/-j4ottCDGoz8/TZ5iwb0yYxI/AAAAAAAAACs/R3koHoq9Wvo/s200/gelatina1.jpg

Poing...poing...poing!


Shshshshshshshs...Já era a sua bola...agora va jantar.


Poing! Poing! Poing!
Menino deixa disso
Pare com a brincadeira
Vem comer o seu jantar
Para ficar de barriga cheia!

Poing! Poing! Poing!
Meu filho venha logo
A comida esta esfriando
Já esta muito tarde
Venha logo, estou chamando...

Poing! Poing! Poing!
Olha aqui seu moleque!
To ficando muito brava
Larga logo esse brinquedo
Venha cá jantar agora!

Poing! Poing! Poing!
Smuchhhhhhhhhhhh...
smuchhhhhhhhh...
smuchhhhh...
Shuif...Shuif...Shuif...

Juninho chateado
Resolveu ir jantar
Pois sua bola estourou
E de leve...muchouuuuu..

Simone Martins - 07/04/2011

Na beira da piscina...



Crie glitters aqui!



Estava sentado na beira da piscina
Sentado na beira da piscina, ele estava!
Olhava para  água, com vontade de entrar
Mas a água estava muito gelada e iria se resfriar
Sentado na beira da piscina e querendo nadar
Na beira da piscina, sentado, querendo entrar
Batia seus pés para la e para cá
A água fazia: Splich splach...Splich, splach!
Sentado a beira da piscina, olhava e procurava
Olhou para um lado...olhou para o outro
Sua mãe não estava por perto
Esgueirou-se para frente e arriscou...
Lentamente na piscina, ele entrou
Com um sorriso triunfante...mergulhou
Splich, splach...Splich, splach!
Com grandes braçadas, nadou e nadou!
De repente, um grito forte escutou:
"Juninho saia já dessa piscina! Voce vai se resfriar!
Era sua mãe nervosa quem mandava
Juninho rapidamente na beira da piscina, sentou
Sentado na beira da piscina...ele ficou
Iria ficar na beira da piscina ate se secar...
Sentado na beira da piscina, ele estava
Estava sentado na beira da piscina!
E por algumas horas...lá ficou!

-Simone Martins- 10/04/2011
 

Cheiro bom...cheiro ruim!


 

E você? Sente cheiro do que?


TODOS OS MEUS AMIGOS DIZEM:
  QUE TENHO CHEIRO DE CHICLETE
    POR CAUSA DO MEU PERFUME
     CHAMADO EGEO DOLCE

E AO NOSSO REDOR
 QUAIS OUTROS CHEIROS
   PODEMOS IDENTIFICAR? 

VOVÔ TEM CHEIRO DE:
    NAFTALINA, CIGARRO DE PALHA
      E COM TODO RESPEITO...ROUPA VELHA

VOVÓ TEM CHEIRO DE:
    BOLINHO DE CHUVA
        BOLO DE FUBA
            E NAFTALINA TAMBÉM!

MAMÃE TEM CHEIRO DE:
    CAFÉ DA MANHÃ
      CREME HIDRATANTE
          MAS TEM CHEIRO DE BOLO TAMBÉM!

PAPAI TEM CHEIRO DE:
   COLÔNIA MASCULINA
       SUOR DE QUEM TRABALHOU MUITO
          E TEM CHEIRO DE CAFÉ TAMBÉM!

IRMÃO E IRMÃ TEM CHEIRO DE:
  TERRA, ASFALTO, SUOR
     E QUANDO MEXE NAS COISAS DO PAPAI
        TEM CHEIRO DE COLÔNIA MASCULINA TAMBÉM!

PROFESSORA TEM CHEIRO DE:
 GIZ DE LOUSA
    PERFUME MUITO DOCE
     MAS TEM CHEIRO DE SUOR TAMBÉM!

CASA TEM VÁRIOS CHEIROS:
  MATERIAL DE LIMPEZA, ESMALTE E ACETONA,
    DESODORANTE, DESINFETANTE  E SABÃO EM PÓ
       TEM CHEIRO BOM DE COMIDA CASEIRA
         E TEM ATE, MAL CHEIRO TAMBÉM...
           CEBOLA E BATATA ESTRAGADA
           CHEIRO DE PUM E DE BANHEIRO!

Simone Martins - 10/04/2011

*FOTOS: GOOGLE-http://1.bp.blogspot.com/-oa7L32RxsSg/TaILkzaBa1I/AAAAAAAAAEU/nhx4g7tyR-Q/s200/detalhe_nariz.jpg

A menina que cresceu!


"A menina cresceu depois que parou de brincar com boneca..."

 A menina acordou e levantou
Olhou em volta do quarto
Achou falta de algo
Talvez fosse importante
Vasculhou cada canto
Procurando encontrou
Era sua boneca de pano
Que havia saído de seu lado

Pegou a boneca pelo braço
Esbracejou, brigou e chorou
Sua boneca estava rasgada
Quem será o mal feitor?

Perguntou para a mamãe...
Ela disse: Não, sei não!
Perguntou para o papai...
Não posso lhe atender agora!

A menina muito triste
Voltou para o seu quarto
Pegou uma super cola
E o braço consertou
Com a boneca remendada
Não queria mais brincar
E a menina chateada
A boneca foi guardar

De noite no escuro
O armário se abriu
A boneca la de dentro
Deu um pulo e saiu...
No outro dia bem cedinho
A menina foi procurar
Sua boneca remendada
Pois queria com ela brincar

No lugar da boneca
Havia um bilhete
Fui embora dessa casa
Pois não me sentia amada

A menina desconsolada
Não quis ganhar outra boneca
Agora já não brincava
E bem depressa cresceu!

Simone Martins - 10/04/2011
FOTO: GOOGLE - http://4.bp.blogspot.com/-4jipSQLoTgs/TaIWalIXB4I/AAAAAAAAAEc/a08X8qGuV0U/s200/Nicki-Minaj.png

A chegada da Vovó!


A pedidos, Juninho ganhou uma nova Bola e Poing...Poing...Poing!


Adoro quando vovó vem nos visitar
Ela traz uma sacola grande e rosa
Na sacola da vovo, cabe de um tudo
Se duvidar...Cabe ate o mundo!

A vovo é sempre bem vinda
Pois adora nos paparicar
Aperta nossas buchechas
E diz: "Mas que coisa Fofa!"

-Vamos vovó, abra logo sua sacola!
Não aguento de tanta curiosidade
Quero ver logo o que a senhora trouxe
Quem sabe um presente de verdade!

De repente, sem falar nada
A vovo cansada, senta-se no sofa
Abre o ziper com cuidado
E vai tirando tudo que esta la...

Tira roupas e mais roupas
Tira uma linda, blusa amarela
Tira livros e muitos livros...
Mais parece, uma biblioteca

Devagar e sem pressa
Vai tirando muitas coisas
Como é grande essa sacola
-Vovó, tenho pressa!

A sacola vai murchando
E nada parecia ser pra mim
Fui ficando triste e chateado
A vovó esquecera do neto

Quando ja no fim dessa historia
Eis que ela se levanta...
Tira uma bola e da um chute:
-Vai que é tua meu Neto!

Uma bola bem novinha
O Juninho então ganhou
E agora la em casa...
Novamente se ouvia
Um barulho conhecedor
POING...POING...POING!
Seguido de um belo grito:
GOLLLLLLLLLLLLLLL!

Simone Martins - 12/04/2011

Foto: GOOGLE -http://1.bp.blogspot.com/-fqiXxPtDjRE/TaRolv99s_I/AAAAAAAAAEg/8IWQC9DGK7k/s200/ce20dc48a2a0a7e21c11cabceab05b16.png

Os Cinco sentidos


"Na criança os cinco sentidos estão sempre aguçados"

Comi um doce
Com sabor de pipoca
Não sei que doce era
Parecia tapioca

Comi uma fruta
Com gosto de legume
Parecia um tomate
Mamãe falou: - É caqui!

Tomei um suco
Parecia de Caju
Amarrou a minha boca
Cuspi tudo pra fora

Tomei um copo de leite
Tinha gosto de flor
Eu vi no vaso da sala
Que ruim o seu sabor!

Ouvi um barulho estranho
Era a maquina funcionando
Lavando minha roupinha
Bem branquinha foi ficando!

Senti um cheiro forte
Parecia ser jasmim
Mamãe lavou a roupa
Colocou ela em mim

Comi, senti, vi e ouvi
Não adianta reclamar
Meus sentidos são aguçados
Só faltou usar o tato

Mamãe rápido me abraçou
E um beijinho eu ganhei
Agora meus cinco sentidos
Já experimentei..
 
Simone Martins
15/04/2011
 
Foto: GOOGLE - http://1.bp.blogspot.com/-CBE0mD9m5Ow/Taj-oroUzOI/AAAAAAAAAEk/cRElbeqUhGY/s1600/foto1.jpg